Qual é a sua MISSÃO DE VIDA?
Por Arthur Diniz*

O que é mais importante? O que deseja ser? Em que acredita?
Se você ainda não sabe responder a todas essas perguntas,
não perca tempo: reflita, avalie e descubra para que veio a este mundo

FARÁ TODA A DIFERENÇA EM SUA VIDA!

    Poucos setores da vida das pessoas e das empresas são tão subavaliados quanto o tripé básico formado por missão, visão e valores. Esses conceitos fundamentais costumam ser esquecidos, ignorados ou deixados de lado, com graves conseqüências, tanto para as pessoas quanto para as organizações.

    Para entendermos melhor a importância deles, precisamos fazer uma revisão do significado de Inteligência Emocional, cuja idéia surgiu quando se começou a perceber que nem sempre as pessoas com QI (Quociente de Inteligência) mais alto eram as que tinham maior sucesso, seja na vida pessoal, seja na profissional. Como o QI era a forma mais respeitada para medir a inteligência, ficou a dúvida: por que nem sempre as pessoas mais inteligentes sobressaíam?

    Dos diversos estudos realizados, quem melhor respondeu a essa pergunta foi Daniel Goleman, em seu livro Trabalhando com a inteligência emocional (Editora Objetiva). Ele dividiu a inteligência emocional em duas partes: competências pessoais e competências sociais (veja os quadros na pág. 46). Chegou à conclusão de que esses fatores são muito mais importantes para se prever o sucesso ou insucesso das pessoas. As competências pessoais dividem-se em três partes: autoconhecimento, autogerenciamento e motivação, que formam uma trilha perfeita para o desenvolvimento de cada um. Já as competências sociais se dividem em empatia e habilidades sociais.

    Nesse trabalho, fica muito clara a importância do autoconhecimento como passo inicial da jornada do desenvolvimento pessoal. Não adianta tentar pular essa etapa. Somente quem se conhece pode traçar um plano eficaz de autodesenvolvimento. Cada pessoa tem os seus pontos fortes e os seus pontos fracos. De nada vale desenvolver competências sociais como empatia e comunicação sem saber suas necessidades individuais. Cada um possui as suas.

    Somente depois desse passo é possível executar o autogerenciamento e os demais. Afinal, uma das partes mais importantes do autogerenciamento é o cumprimento do seu plano de desenvolvimento pessoal, traçado na fase do autoconhecimento. A implementação desse plano é que vai gerar a motivação necessária para se atingir objetivos. E é aí que entra o nosso tripé básico. Conhecer-se bem significa saber primeiramente qual é a nossa missão de vida, nossos valores mais importantes e também nossa visão de futuro.

Inteligência EmocionalCompetências Pessoais
Auto Conhecimento
Auto Gerenciamento
Motivação
- emoções
- pontos fracos e fortes
- autoconfiança

- autocontrole
- integridade
- responsabilidade
- adaptabilidade
- inovação

- força
- comprometimentos
- iniciativa
- otimismo

Inteligência Emocional Competências Sociais
Empatia
Habilidades Sociais
- entender os outros
- desenvolver outros
- orientar-se a serviços
- usar a diversidade
- conhecer a política

- influenciar
- comunicar-se
- gerenciar conflitos
- catalizar mudanças
- colaborar
- trabalhar em equipe

    POR QUE ISSO É TÃO PODEROSO?

    A resposta a essa questão fica fácil quando estudamos o conceito de níveis neurológicos, desenvolvido por Robert Dilts, e muito usado na Programação Neurolingüística. Aqui, vale dizer que os níveis neurológicos são ambiente, comportamentos, capacidade, valores/crenças e identidade.

    O ambiente se refere aos lugares em que vivemos e trabalhamos e pessoas com as quais convivemos. Pode ser encontrado fazendo-se as perguntas "onde?" e "quando?" Os comportamentos são as nossas ações no dia-a-dia e podem ser determinados questionando-se "o quê?" Já as capacidades são refletidas na forma como fazemos as coisas. A pergunta-chave nesse caso é "como?" Chegamos então ao nível de valores e crenças, que são os princípios que guiam nossas ações diárias. Aqui, a questão é obvia: "Por quê?" No nível mais alto da pirâmide temos, então, o da identidade: "Quem é você como pai de família, como profissional, como líder da sua comunidade?"

    Como podemos ver, a pirâmide atinge seu topo com os níveis mais importantes e decisivos.

    CHEGA DE SER VÍTIMA!

    Existem muitas pessoas que vivem a vida delas apenas no nível do ambiente. O que isso significa? Elas apenas reagem ao ambiente em que vivem. Tornam-se, portanto, vítimas desses ambientes. Essas pessoas passam o dia inteiro no trabalho reclamando da empresa e culpando-a por todos os seus problemas. Dizem frases do tipo: "Na minha empresa existem problemas que nenhuma outra tem. Você só vai acreditar se trabalhar aqui um dia. Por isso não consigo progredir nem realizar todo o meu potencial". Colocam toda a culpa no ambiente. Chega um dia em que mudam de empresa. Passam-se alguns meses de "lua-de-mel" e vem a grande surpresa: a nova empresa tem os mesmos problemas da anterior. Alguns até piores.

    Não adianta nada você mudar de ambiente e levar você com você. Os problemas tendem a se repetir. Isso acontece sempre que trabalhamos somente no nível do ambiente. Mudanças apenas no ambiente podem ser respostas a problemas ocasionais, mas dificilmente atacam as causas. Por isso chamamos essas mudanças de remediativas. Elas apenas remediam o problema, mas dificilmente geram grandes mudanças.

    O mesmo não é verdade nos níveis mais altos da pirâmide. Quando explicitamos nossos valores ou transformamos nossas crenças, essas mudanças vão causar impactos em nossas capacidades, comportamentos e alteram o ambiente por conseqüência. É o que chamamos de mudanças generativas, pois geram transformações em outros níveis.

    Ao partir do princípio de que isso é verdade, onde podemos fazer mudanças que sejam realmente poderosas? No nível de identidade, que fica no topo da pirâmide. É o que chamamos de mudança evolutiva. E aí vem o mais importante. Quais são os componentes básicos do nível de identidade? Missão de vida e visão de futuro. E é por isso que esses dois itens são somados aos valores no tripé básico.

MISSÃO - Mahatma Gandhi

Deixar que a primeira ação todas as manhãs seja fazer a seguinte resolução para o dia:“Não temerei ninguém na terra.Temerei somente a Deus.Não terei maus sentimentos em relação a ninguém.Não me submeterei à injustiça por parte de ninguém.Conquistarei a inverdade com a verdade.E, ao resistir à inverdade, suportarei todo o sofrimento.”

    IDENTIFIQUE SEUS VALORES
Ao responder a essas perguntas, você refletirá sobre seu propósito
de vida e, conseqüentemente, o ajudará a descobrir a sua missão.


  Exercício 1 – INFERNO

- Como seria o inferno para você?

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________
_________________________________________

- No inferno, as pessoas teriam que...

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________
_________________________________________


- O que não existiria no inferno?

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________

_________________________________________


  Exercício 2 – MOVIMENTO DE ÊXTASE
- Identifique momentos especialmente gratifi-cantes.

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________
_________________________________________


- O que foi importante nesses momentos para você?

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________
_________________________________________

- O que lhe traz alegria no dia-a-dia?

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________
_________________________________________


  Exercício 3 – AMIGOS

- Que qualidades você mais utiliza nos seus amigos?

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________

- O que é importante nessas qualidades?

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________
_________________________________________


   Exercício 4 – ANIMAIS
- Se você pudesse ser um animal, que bicho seria? Por quê?

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________

  Exercício 5 – PESSOAS ADMIRÁVEIS
- Pense em três pessoas que você admira.

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________
_________________________________________ _________________________________________


Exercício 6 – LEITO DE MORTE
- Se você estivesse em seu leito de morte equisesse ensinar as crianças as três coisas importantes que aprendeu na vida, quais seriam elas?

_________________________________________ _________________________________________
_________________________________________
_________________________________________

- O que vai estar escrito na sua tumba?

_________________________________________ _________________________________________

MISSÃO

Madre Tereza de CalcutáTer compaixão e misericórdia pelos moribundos.

    O QUE É MISSÃO DE VIDA?

    Que valores são esses? O que vem a ser visão de futuro? Como faço para descobrir isso? Comecemos pela missão de vida. Ela é a frase que responde à pergunta: "Por que estamos vivos aqui neste planeta?" O propósito de vida é uma lembrança de quem somos e do impacto que causamos no universo. Falo aqui sobre esse fator sem nenhuma conotação ou crença religiosa. Missão de vida é simplesmente aquilo que precisamos fazer para nos realizar como seres humanos completos. É o que nos inspira e motiva a fazer diferença em cada dia de nossa vida. Realizá-lo faz com que a vida seja completa e feliz.
Mas se isso é tão importante, como podemos saber ou descobrir a nossa missão de vida? Em meus trabalhos como coach profissional (treinador de executivos) e em meus cursos sobre liderança, ajudo meus clientes a encontrar sua missão com as seguintes perguntas:

     O que em sua vida está incompleto?
     O que você gostaria de fazer para se considerar completamente realizado?
     O que você gostaria de aprender?
     Faça uma lista: o que você faria se tivesse apenas seis meses de vida?
     O livro/filme mais inspirador que já li/vi foi...
     Quais são as coisas mais importantes da sua vida?
     Imagine seu enterro: três pessoas aparecem para lhe elogiar - uma da família, uma dos negócios e outra de sua turma de amigos próximos. Quem são elas? O que dizem sobre a sua vida? Como você gostaria de ser lembrado?
     Se você tivesse todo o dinheiro que necessita, o que mudaria na sua vida e o que não mudaria?
É importante frisar que não existe missão certa nem errada. Cabe apenas a você saber se a sua missão lhe inspira e lhe impulsiona. Pense nisso!

    MISSÃO - Benjamin Franklin

01. Temperança
02. Silêncio
03. Ordem
04. Resolução
05. Economia
06. Diligência
07. Sinceridade
08. Justiça
09. Moderação
10. Higiene
11. Tranqüilidade
12. Castidade
13. Humildade

VALORES E CRENÇAS

    Descoberta a missão de vida, que, cá entre nós, não é um processo muito rápido, podemos partir para os valores e crenças, os princípios que guiam nossas ações e a nossa vida. Explicitá-los pode transformar nossa vida. O que é mais importante para você entre liberdade, felicidade, família, honestidade etc.? Liste os seus dez valores mais importantes. Se estiver difícil, recorra aos exercícios da pág. 48.

     Agora, coloque-os em ordem de prioridade, do primeiro ao décimo. Por fim, o mais importante: dê uma nota de 1 a 10 para quanto você vem honrando e respeitando cada um desses valores.
     Se alguma das notas for abaixo de 7, comece a refletir sobre o que teria que acontecer na sua vida para que passe a 10. Pronto! Monte seu plano de mudança imediatamente, pois, se você não honra seus valores mais importantes, dificilmente vai ter sucesso na vida.

    Propósito de Vida – Missão
Por que estamos vivos aqui neste planeta?
O propósito de vida é uma lembrança de quem somos
e do impacto que causamos no universo.
Isso faz com que a vida seja completa e feliz.

Valores
São nossas crenças.
Aquilo em que acreditamos e que nos faz agir como agimos.

Visão
Imagens mentais que nos inspiram a agir e a tornar nossos sonhos realidade.
Visão nos dá direção e pode criar significado na vida.


    O FUTURO

     Chegamos então ao passo final: sua visão de futuro. São as imagens mentais que nos inspiram a agir e a tornar nossos sonhos realidade. Visão nos dá direção e pode criar objetivos de vida. Comece pensando no seu futuro daqui a dez anos. Onde você gostaria de estar vivendo? Onde gostaria de estar trabalhando? Com quem gostaria de estar vivendo e convivendo?
     Crie um filme para a sua vida. Se você ainda não sabe exatamente onde deseja estar, comece a refletir sobre isso e crie essa visão. Faça de conta que você é um diretor de cinema e imagine um filme com uma.vida maravilhosa na qual você é o ator principal. Uma visão inspiradora pode fazer toda a diferença no seu a cotidiano. Sabendo aonde se quer ir, podemos chegar mais rapidamente até lá. Se a sua visão de longo prazo está incongruente com as suas atitudes, essa é a hora de tomar uma atitude e mudar.

     Muito bem. Agora o seu tripé está completo! Cheque se os três estão congruentes entre si. Se um deles for incompatível com qualquer um dos outros dois, você está preparando uma armadilha para você mesmo.

     Mas se o tripé estiver harmonioso e for inspirador para você, corra para colocar em prática uma vida maravilhosa. Não tenha vergonha de ser diferente dos outros e não receie buscar uma vida extraordinária. Afinal, ela só existe mesmo para quem acredita nela. VOCÊ ACREDITA?!


MISSÃO





VISÃO




VALORES




*Arthur Diniz é economista, tem MBA pela Columbia Business School,
Certificado Internacional de Coaching pela Lambent e pela Erickson College no Canadá,
e curso de extensão em Coaching Estratégico pela FIA-USP
Atua como coach e é fundador da Crescimentum - Coaching for Performance
(www.crescimentum.com.br)

Texto: Revista vencer